"Somos Católicos... Bem Vindo à Sua Casa!!"

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Folheto da Missa!!!

Pessoal,

Já repararam o quão interessante é nosso folheto da missa?

Se ainda não, dêem uma olhadinha melhor também na última página, onde podemos encontrar relfexões sobre a liturgia do dia, por exemplo.

Nesse embalo, vamos à reflexão sobre a liturgia de Domingo, escrita pelo Pe. Nilo Luza

Superando o Sectarismo

    A primeira parte do Evangelho deste Domingo apresenta o ciúme dos discípulos contra alguém que faz o bem em nome de Jesu, embora sem pertencer ao grupo que com ele convivia. É a tentativa de impedir que alguém faça algo de bom porquê não faz parte do grupo dos discípulos de Jesus.

    Ninguém tem o monopólio do bem, nem mesmo uma instituição religosa. Fazê-lo está ao alcance de qualquer um, seja cristão ou não, seguidor de jesus ou não. Onde houver alguém promovendo o bem, aí se encontra a mão e Deus agindo.

    Deus age livremente, seu Espírito sopra onde e como quer. Distribui seus dons a quem bem quiser. Não se deixa prender pelos critérios humanos. Nós é que devemos nos adaptar aos seus desejos, e não o contrário, querendo ensinar a Deus como deve agir e o que deve fazer. Não raro somos tentados a submetê-lo ao nosso capricho.

    "A perene tentação dos que creem é a de sequestrar a Deus, monopolizá-lo para si, para seu uso e consumo, enquadrá-lo em suas certezas teológicas, exaurí-lo em suas instituições eclesiásticas, esquecendo-se de que sua ação salvífica não se exaure entre as funções visíveis de sua Igreja e que sua graça transborda e chega até nós por muitos outros canais além dos sinais sacramentais tradicionais" (Missal dominical, Paulus).

    Venha de onde vier, todo bem é sempre bem-vindo. Se vem de ambientes "profanos", às vezes é mais bem visível do que se vem das comunidades cristãs. Quando isso acontece, pode haver a tentativa de camuflá-lo ou ignorá-lo. O Espírito de Deus está presente em todos os que promovem, que contribuem para a construção de uma sociedade melhor, mais fraterna e solidária... Moisés exclama: "Oxalá todo povo fosse profeta". Poderíamos completar: "e ajudasse na melhoria da sociedade".

(Pe. Nilo Luza, ssp)

Abraços a todos!!!

Continue lendo...

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Homilia - 27/09/2009

Pessoal,

Homilia de ontem do Pe. Piazza...

Lembrando que a Liturgia foi:

Primeira Leitura: Números 11,25-29
Segunda Leitura: Tiago 5,1-6
Salmo: Salmo 18
Evangelho: Marcos 9,38-43.45.47-48





Abraços

Continue lendo...

domingo, 27 de setembro de 2009

Liturgia da Semana - 27/09/2009 à 03/10/2009

Pessoal,

Segue a Liturgia para essa semana!!!

Domingo (27/09/2009)

Primeira Leitura: Números 11,25-29
Segunda Leitura: Tiago 5,1-6
Salmo: Salmo 18
Evangelho: Marcos 9,38-43.45.47-48

Segunda-Feira (28/09/2009)

Primeira Leitura: Zacarias 8,1-8
Salmo: Salmo 101
Evangelho: Lucas 9,46-50

Terça-Feira (29/09/2009)

Primeira Leitura: Daniel 7,9-10.13-14
Salmo: Salmo 137
Evangelho: João 1,47-51

Quarta-Feira (30/09/2009)

Primeira Leitura: Neemias 2,1-8
Salmo: Salmo 136
Evangelho: Lucas 9,57-62

Quinta-Feira (01/10/2009)

Primeira Leitura: Neemias 8, 1-12
Salmo: Salmo 18
Evangelho: Lucas 10, 1-12

Sexta-Feira (02/10/2009)

Primeira Leitura: Êxodo 23, 20-23
Salmo: Salmo 90
Evangelho: Mateus 18, 1-5.10

Sábado  (03/10/2009)

Primeira Leitura: Baruc 4, 5-12.27-29
Salmo: Salmo 68
Evangelho: Lucas 10, 17-24

Boa semana a todos!!!

Continue lendo...

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Festa da Padroeira Nossa Senhora Aparecida

Galera,

Esse ano a Festa da Padroeira estará demais!

Com o tema "Pelas Mãos da Senhora Aparecida encontramos Jesus", será uma festa e tando para nossa Padroeira

Teremos Novena, Vigílias, Quermesses, Chá Beneficente e o Bolo!!

A programação pode ser encontrada na secretaria de nossa paróquia e também no folder que foi scaneado pelo pessoal do Cateclicar!!

Queremos ver todos participando, hein!!


 

Abração a todos!!

Continue lendo...

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Gestos: O Sinal da Cruz

Pessoal,

Como primeiro post falando sobre os gestos que nós Católicos fazemos durante as celebrações, nada melhor do que começar com o Sinal da Cruz, não é mesmo?

Então vamos a ele...

Já perceberam que toda celebração liturgica começa com o Sinal da Cruz?
Pois bem, esse gesto é nos ensinado desde que somos pequeninos e muitas vezes o fazemos por hábito, pronunciando superficialmente as palavras "Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo - Amém". Nesses momentos acabamos muitas vezes até nos esquecendo do real significado que esse gesto expressa.

Vamos voltar um pouquinho ao dia em que fomos batizados (claro, não vamos tentar nos lembrar exatamente como foi, pois muitos de nós éramos bem pequenininhos e, portanto, não vamos nos lembrar, certo?)... Nesse dia, fomos mergulhados na "Imagem=Semelhança" da cruz gloriosa de Cristo. Essa cruz tornou-se tudo em nossa vida. É como se fosse nosso coração que pulsa, a sensibilidade que anima nossas escolhas, a força que nos permite construir verdadeiras relações... é a Luz que ilumina nosso contato com tudo o que foi criado. O gesto de traçar esse sinal sobre o corpo exprime nossa vontade de crescer no relacionamento com a Páscoa.

Nada, em nossa pessoa humana e cristã, deve subtrair-se ao mistério da cruz.
O Sinal da Cruz exprime toda a força, a potecialidade que o Espírito semeou em nosso coração. É o momento que nosso interior passa para o exterior, desenvolvendo-se de maneira sincera e fecunda esse mistério que envolveu, conquistou e passou a caracterizar a pessoa crente. O sinal feito pela mão evidencia o selo que o Espírito imprimiu em nosso espírito, doando-nos o coração novo prometido e sonhado pelos profetas.

A palavra, por sua vez, dá significado ao gesto. A cruz de Jesus vive do mistério escondido em Deus de recaptular em Cristo todas as coisas.

A Santíssima Trindade é a origem de nossa vida, é a fonte de nossa fecundidade humana e a meta de toda a nossa história. O homem percebe a urgência de entrar em comunhão com a fonte da vida: O Pai, o Filho e o Espírito Santo, para viver aquela comunhão que foi semeada no seu espírito.

É essa riqueza que anima nossas celebrações, que são iluminadas pela cruz do Senhor. Nós não podemos viver a comunhão se não estivermos profundamente imersos na fecundidade da cruz; e a verdade da cruz se manifesta no crescimento da comunhão na comunidade cristã.

Toda vez que fazemos o Sinal da Cruz, estamos sintetizando tudo isso que acabamos de ver. O querigma primitivo ("morto segundo as Escrituras, sepultado e ressuscitado ao terceiro dia segundo as Escrituras") está vivo em nosso espírito e cresce mediante a essa gestualidade.

Essa experiência nos faz amar a cruz. A partir dela vemos o mundo com o coração e os olhos de Cristo. Quando traçamos o Sinal da Cruz, então, estamos traçando o "Sinal de Cristo Salvador" e estamos nos comprometendo a "amar a Deus e ao próximo como Cristo nos ensinou".

Percebemos, então, que o Sinal da Cruz é o início da verdadeira vida, é quando expressamos nossa identificação com o mistério pascal.

Um grande abraço,

Equipe de Acompanhamento
Paróquia N. Sra. Aparecida

Continue lendo...

domingo, 20 de setembro de 2009

Homilia - 20/09/2009

Pessoal,

Homilia de hoje do Pe. Piazza...

Lembrando que a Liturgia foi:

Primeira Leitura: Sabedoria 2,12.17-20
Segunda Leitura: Tiago 3,16—4,3
Salmo: Salmo 53
Evangelho: Marcos 9,30-37





Abraços,

Continue lendo...

Liturgia da Semana - 20/09/2009 à 26/09/2009

Pessoal,

Segue a Liturgia para essa semana!!

Domingo (20/09/2009)

Primeira Leitura: Sabedoria 2,12.17-20
Segunda Leitura: Tiago 3,16—4,3
Salmo: Salmo 53
Evangelho: Marcos 9,30-37

Segunda-Feira (21/09/2009)

Primeira Leitura: Efésios 4,1-7.11-13
Salmo: Salmo 18
Evangelho: Mateus 9,9-13

Terça-Feira (22/09/2009)

Primeira Leitura: Esdras 6,7-8.12b.14-20
Salmo: Salmo 121
Evangelho: Lucas 8,19-21

Quarta-Feira (23/09/2009)

Primeira Leitura: Esdras 9,5-9
Salmo: Tobias 13,2-8
Evangelho: Lucas 9,1-6

Quinta-Feira (24/09/2009)

Primeira Leitura: Ageu 1,1-8
Salmo: Salmo 149
Evangelho: Lucas 9,7-9

Sexta-Feira (25/09/2009)

Primeira Leitura: Ageu 1,15b–2,9
Salmo: Salmo 42
Evangelho: Lucas 9,18-22

Sábado  (26/09/2009)

Primeira Leitura: Zacarias 2,5-9.14-15a
Salmo: Jeremias 31,10-13
Evangelho: Lucas 9,43b-45

Boa semana a todos!!
Abraços

Continue lendo...

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Vamos comentar galerinha!!! rsrs

Tarde galerinha Rota JC!!!


Não se esqueçam de comantar no Blog!!
E também de dar sua opinião sobre o(s) post(s) que leu e sobre o blog...

Abração a todos

Equipe Rota JC

Continue lendo...

Não adianta conhecer a Palavra e não colocá-la em prática

Esforcemo-nos por conhecer o Senhor: a chegada d'Ele é certa como a aurora (cf. Oséias 6,3a). Urge aplicar-nos em conhecê-Lo. Tomemos por exemplo os orientais: para eles, o conhecer era muito concreto, palpável, era a mesma coisa que “experimentar”. As crianças são assim, elas conhecem levando tudo à boca, precisam experimentar. É assim que o Senhor quer que você O conheça. Um conhecer experimental! Um contato vivo com o Senhor! Assim como diz este trecho do Sermão da Montanha:

Não basta me dizer: “Senhor, Senhor!” para entrar no Reino dos céus; é preciso fazer a vontade do meu Pai que está no céus. Muitos me dirão naquele dia “Senhor, Senhor! Não foi em teu nome que nós profetizamos? Em teu nome que expulsamos aso demônios? Em teu nome que fizemos numerosos milagres?” então eu lhes declararei: “Nunca vos conheci; afastai-vos de mim, vós que cometeis a iniquidade!” Assim, todo o que ouve estas minhas palavras e as põe em prática pode ser comparado a um homem sensato, que construiu a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, vieram as torrentes, sopraram os ventos; precipitaram-se contra esta casa, e ela não desabou, pois seus fundamentos assentavam-se na rocha. E todo o que ouve as palavras que acabo de dizer e não as põe em prática pode ser comparado a um homem insensato, que construiu sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, vieram as torrentes, sopraram os ventos; vieram dar contra esta casa e ela desabou, e sua ruína foi total (Mateus 7,21-27).

Muitas vezes, usa-se este trecho somente a partir do versículo 24, que diz: “Assim, todo o que ouve estas minhas palavra e as põe em prática [...]” Fala-se da casa edificada na rocha e daquela que foi edificada na areia. Mas este trecho não é isolado, está ligado aos versículos anteriores. O Senhor diz:

Não basta me dizer: “Senhor, Senhor!” para entrar no Reino dos céus; é preciso fazer a vontade do meu Pai que está no céus (Mateus 7,21).

O Senhor fala também que dirá a muitas pessoas que pregaram em Seu nome, que fizeram milagres, que expulsaram demônios em Seu nome: “Nunca vos conheci; afastai-vos de mim, vós que cometeis a iniquidade!” (Mateus 7,23).

É muito duro imaginar que podemos ouvir de Jesus esta palavra: “Nunca vos conheci; afastai- vos de mim, vós que cometeis a iniquidade!” Você pode imaginar como é possível alguém que pregou em nome de Jesus ouvir do próprio Jesus: “Nunca vos conheci; afastai- vos de mim, vós que cometeis a iniquidade!” Como é possível que não O tenha conhecido? Como é possível alguém que expulsou demônios em nome de Jesus receber d'Ele mesmo esse tratamento?!

Para não ouvir do Senhor essa palavra dura, é preciso levar muito a sério as palavras que se seguem: Assim, todo o que ouve estas minhas palavras e as põe em prática pode ser comparado a um homem sensato, que construiu a sua casa sobre rocha (Mateus 7,24).

o Senhor continua: Caiu a chuva, vieram as torrentes, sopraram os ventos; precipitaram-se contra esta casa, e ela não desabou, pois seus fundamentos assentavam-se na rocha (Mateus 7,25).

Por que estava edificada na rocha? Porque quem a construiu ouviu a Palavra e a colocou prática. Duas coisas são necessárias: ouvir a Palavra e colocá-la em prática. Edifica a casa na rocha aquele que faz essas duas coisas. O Senhor, logo em seguida, continua: E todo o que ouve as palavras que acabo de dizer e não as põe em prática pode ser comparado a um homem insensato, que construiu sua casa sobre a areia (Mateus 7,26).

Quem constrói a casa sobre a areia é aquele que não ouve a Palavra? Não. Jesus é claro: “E todo o que as palavras que acabo de dizer e não as põe em prática”. Ouve a Palavra, mas não a põe em prática. Talvez conheça muito dela [Palavra], mas não a põe em prática. Esse homem é aquele que construiu a casa sobre a areia: Caiu a chuva, vieram as torrentes, sopraram os ventos; vieram dar contra esta casa e ela desabou, e sua ruína foi total (Mateus 7,27).

Qual é a ruína? Ouvir do Senhor esta palavra: “Nunca vos conheci; afastai-vos de mim, vós que cometeis a iniquidade!” (Mateus 7,23).

É necessário colocá-la em prática. Se lemos a palavra: “Ninguém pode servir dois senhores […]. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro” (Mateus 6,24), é necessário colocá-la em prática. Se ouvimos: “Amai vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem” (Mateus 5,44), é para colocar essa exortação em prática, mesmo que seja difícil.

Muitas vezes, você pode até achar: “São palavras muito lindas, poéticas... românticas até! Que Beleza! Até vale a pena escrever e colocar num cartaz bonito: fazer uma mensagem com esta palavra... Vale a pena falar aos outros a respeito dessa palavra...”

Não, a Palavra de Deus não é para isso! Ela é como uma receita. De que adianta ter uma receita se não a fazemos? De que adianta alguém ter uma coleção enorme de receitas se não as põe em prática? É assim com a Palavra de Deus. Não adianta nada conhecer tantas coisas das Sagradas Escrituras se não as colocamos em prática. Pelo contrário, a própria Palavra que você conhece irá condená-lo: exatamente porque você a conhece e não a coloca em prática.

Muitas vezes, não coloca a Palavra de Deus em prática porque julga que ela “não funciona”, pensando assim: “Não dá para fazer isso! Não é possível! Como é que vou amar meus inimigos? Como vou rezar por aqueles que me perseguiram, me caluniaram? Como vou perdoar uma pessoa que me fez tanto mal? Eu não consigo! Como é que vou confiar totalmente em Deus, como os lírios do campo, como as aves do céu? As aves são as aves. O lírios são os lírios. Eu sou gente. Tenho família, casa, compromissos. Preciso pagar o aluguel no final do mês, comprar comida, pagar as contas atrasadas. Preciso me preocupar com tudo isso!”

Você julga que a Palavra de Deus é bonita, mas não é aplicável na prática. Se criamos coragem e a colocamos em prática, logo começamos a perceber que ela “funciona”. A Palavra que foi plantada em seu coração se realiza. O Espírito Santo, que está em você, lhe dá forças para vivê-la, mesmo que no início isso pareça difícil.

Peça ao Senhor que lhe dê esta convicção: a Palavra “funciona”. É necessário, é urgente colocá-la em prática para não receber do Senhor este tratamento: “Nunca vos conheci; afastai-vos de mim, vós que cometeis a iniquidade!” (Mateus 7,23).

(Monsenhor Jonas Abib)

Um abração a todos!!!!

Continue lendo...

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Homilia - 13/09/2009

Pessoal,

Homilia de ontem do Pe. Piazza...

Lembrando que a Liturgia foi:

Primeira Leitura: Isaías 50,5-9a
Segunda Leitura: Tiago 2,14-18
Salmo: Salmo 114
Evangelho: Marcos 8,27-35



Abraços,

Continue lendo...

domingo, 13 de setembro de 2009

Liturgia da Semana - 13/09/2009 à 19/09/2009

Pessoal,

Segue a Liturgia para essa semana!!!

Domingo (13/09/2009)

Primeira Leitura: Isaías 50,5-9a
Segunda Leitura: Tiago 2,14-18
Salmo: Salmo 114
Evangelho: Marcos 8,27-35

Segunda-Feira (14/09/2009)

Primeira Leitura: Números 21,4b-9
Salmo: Salmo 77
Evangelho: João 3,13-17

Terça-Feira (15/09/2009)

Primeira Leitura: Hebreus 5,7-9
Salmo: Salmo 30
Evangelho: João 19,25-27

Quarta-Feira (16/09/2009)

Primeira Leitura: 1º Timóteo 3,14-16
Salmo: Salmo 110
Evangelho: Lucas 7,31-35

Quinta-Feira (17/09/2009)

Primeira Leitura: 1º Timóteo 4,12-16
Salmo: Salmo 110
Evangelho: Lucas 7,36-50

Sexta-Feira (18/09/2009)

Primeira Leitura: 1º Timóteo 6,2c-12
Salmo: Salmo 48
Evangelho: Lucas 8,1-3

Sábado (19/09/2009)

Primeira Leitura: 1º Timóteo 6,13-16
Salmo: Salmo 99
Evangelho: Lucas 8,4-15

Boa semana a todos!!!

Continue lendo...

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Novas Músicas no Music Player!!!

Galera do Rota JC!!!

Novas músicas foram disponibilizadas em nosso Music Player!!!

São elas:

Todo Homem é Bom - Pe. Fábio de Melo
Sem Você - Rosa de Saron
Eu Quero Amar - Marcio Todeschini

Lembrando que para ouvir as músicas completas, devemos clicar em "Play Full Song Here", localizado no centro do player.

Bom dia a todos!!

Continue lendo...

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

07 de Setembro - Independência do Brasil

Pessoal,

Hoje é comemorado o Dia da Independência do Brasil...
Em 07 de Setembro de 1822, D. Pedro declarou, às margens do Rio Ipiranga, a independência de nosso país....

O Rota JC não poderia deixar essa data tão importante passar em branco e trouxe uma bela reflexão do Pe. Fábio de Melo...

Boa leitura a todos!!

Construir a Corrente do Bem

Nós já estaríamos com todos os problemas resolvidos. "Traga para o meio" que vemos hoje no Evangelho é o discurso da inserção. Jesus não admite que alguém possa ficar jogado do lado de fora.

Antes enfermidade era sinal de que pessoa não tinha predileção por Deus. Jesus insere quem está do lado de fora. Faz o bem independente de ser sábado, domingo... A Eucaristia é um acontecimento no tempo, do que no tempo não cabe. É um acontecimento tão lindo que não coube no tempo e esparramou-se na história. Na poesia, chamaríamos de "acontecências". O bem que você realiza não cabe no tempo. Quando você se recorda do bem que fez, seu coração se enche de gratidão, é como se aquele acontecimento acontecesse de novo. É a grande ousadia que cristianismo nos empresta. Faça este tempo já ser eterno. Faça a dinâmica da eternidade valer agora.

Complete na sua carne o sofrimento de Cristo. A realidade é bela, mas, é sofrida. Não é fácil estar ali, no papel do Crucificado. Jesus dizia: "Bem aventurados os que sofrem porque serão consolados..." Bem aventuranças tem valor porque só podem ser vistas pelos olhos da sabedoria, de quem está inundado no amor de Deus. Somos convidados a viver na nossa carne sacrifício do Cristo. Isso não é brincadeira. Aquilo que não coube no tempo está em mim, na história dos meus dias. Você é história: tem início, meio e fim. Em nós acaba em realidade o que não cabe no tempo. A realidade divina plenifica tudo isso.

Eu, você, somos convidados a fazer a dinâmica do Evangelho, trazer para dentro que está jogado para fora. Para que você paga seus impostos, anda em dia com suas dívidas? Por que é obrigado? Muitas vezes não vemos ser aplicado dinheiro que a gente pagou. Que país é esse que não trás para o meio aquele que não pode, não sabe, não tem?

Lamentavelmente se precisamos ter saúde, segurança, precisamos pagar. Nosso país não cuida como precisaria cuidar. É falta de vergonha na cara de quem tem governo nas mãos. Quando vamos em outros países vemos dinheiro das pessoas serem aplicados. Você pode sair a noite sem medo de ser assaltado, sequestrado... é a conversão que o Brasil precisa viver. Não podemos continuar achando que chegamos ao destino final.

O bom brasileiro é aquele que continua lutando, de olho em quem votou. Nosso país precisa ser moralizado e isso começa com nossa exigência. Não podemos ser omissos. Corrupção começa em pequenas coisas, quando faço proveito de algo público, aproveito algo que não é meu... Levar para o meio é recordar que se quem está no poder não estiver com Deus no coração, não podemos esperar muita coisa.

Não sei se você acompanhou movimento que teve para tirar figuras religiosas das repartições públicas. O que quadro do sagrado Coração de Jesus pode fazer mal a uma repartição pública? Será que com quadros eles recordam um valor que não querem mais viver? Este país não vai ficar melhor no dia em que tirarmos, mas, no dia em que os governantes tiverem caráter, agirem de maneira correta.

Ontem eu dava exemplo de Dom Hélder Câmara, que trazia para o meio aqueles que não tinham vez. Muito mais do que ficar preocupados com a religião que cada um tem, precisamos nos preocupar com caráter que cada um tem.

É o deputado que você elegeu que pode assinar leis contrárias ao Evangelho. Se essas mentes diabólicas são capazes de tramar estas coisas, são capazes de tramar coisais piores. Não podemos ficar fazendo política, mas, temos que ficar de olho na política. Eles são nossos empregados, trabalham para nós.

Os deputados são nossos representantes. Usar o povo só em período de eleição? Aquele povo que troca voto por uma dentadura! O sorriso que queremos é definitivo! Queremos jovens com oportunidade de trabalho, estudo. Quando trabalhamos problemas educacionais criminalidade vai embora. Assim como com emprego... assim, criminalidade vai embora.

Não é fácil a vida de um assalariado. Nosso povo sofre, não tem transporte digno! O Brasil precisa mudar. Existem muitas coisas boas sendo feitas pelo país afora, mas, existe muita porcalhada embaixo do tapete. Proclamar a independência é reassumir a cidadania. "Eu te elegi e não vou tirar olhos de você".

"A política é uma das formas mais elaboradas de caridade", dizia Santo Agostinho. Aquele que tem poder usa para quem não tem e distribui aquilo que é direito. Queremos nosso direito de cidadão. É vida que você merece viver bem. Não há cristianismo sem comprometimento.

Não podemos ser o que fomos ontem. Processo de Deus é nos fazer evoluir, ir adiante. Nosso projeto é chegar a esse brilho que é apagado porque trabalhamos nossa vida de jeito errado. Este é o dia em que temos que tomar consciência de tudo o que Deus precisa fazer em nossa vida. Nosso país e nós precisamos ser transformados! Ficamos indiferentes aos processos que estão do nosso lado.

Quando você fica indiferente, se fecha na sua história. Nunca diga que você não tem nada com isso. Pode respingar em você! Aquilo que não dá certo na casa do outro pode repercutir na sua vida. Nós estamos interligados mesmo sem saber porque. Pessoa que passou pela sua vida pode ter influência sobre você. Pode ser que mais cedo ou mais tarde você precise daquela pessoa. Estamos interligados e não podemos nos esquecer do nosso compromisso com a bondade. Jesus enquanto pôde fez o bem.

De alguma maneira alguém bate a porta da nossa vida, da nossa história. Nós não sabemos o dia de amanhã, então só nos resta viver bem o dia de hoje, construir pontes ao invés de barricadas. Passe pela vida do outro de um jeito certo. Às vezes temos somente uma oportunidade de passar por uma pessoa. Ela pode até não saber quem eu sou, mas, eu sei.

Não podemos viver pelo outro, mas a parte que podemos fazer não podemos abrir mão. Tenho pedido a Deus a graça de amadurecer para perceber o que eu posso fazer pelo outro.

Preste atenção nesta frase: "Estamos todos na lama, mas, alguns de nós resolvemos olhar para as estrelas". São estes que mudam o mundo, que fazem as coisas acontecerem. Estas pessoas completam sacrifício de Jesus na carne. Chega de contendas. Já tem guerra demais neste mundo.

Precisamos lutar pela paz, pela harmonia... acender luz para quem não tem... Proclame a independência! Assim como os santos da Igreja, os santos dos nossos dias. È isso que precisamos. Independência de hoje depende de nós. Precisamos ter fé, acreditar que pode ser diferente. Cristão que é cristão não fica parado, fica na direção do futuro.

Padre Fábio de Melo

Continue lendo...

Homilia - 06/09/2009

Pessoal,

Homilia de hoje do Pe. Piazza...

Lembrando que a Liturgia de hoje foi:

Primeira Leitura: Isaías 35,4-7a
Segunda Leitura: Tiago 2,1-5
Salmo: Salmo 145
Evangelho: Marcos 7,31-37



Abraços

Continue lendo...

domingo, 6 de setembro de 2009

Liturgia da Semana - 06/09/2009 à 12/09/2009

Domingo (06/09/2009)

Primeira Leitura: Isaías 35,4-7a
Segunda Leitura: Tiago 2,1-5
Salmo: Salmo 145
Evangelho: Marcos 7,31-37

Segunda-Feira (07/09/2009)

Primeira Leitura: Colossenses 1,24-2,3
Salmo: Salmo 61,6-7.9
Evangelho: Lucas 6,6-11

Terça-Feira (08/09/2009)

Primeira Leitura: Miquéias 5,1-4a
Salmo: Salmo 70
Evangelho: Mateus 1,18-23

Quarta-Feira (09/09/2009)

Primeira Leitura: Lucas 6,20-26
Salmo: Salmo 144
Evangelho: Lucas 6,20-26

Quinta-Feira (10/09/2009)

Primeira Leitura: Colossenses 3,12-17
Salmo: Salmo 150
Evangelho: Lucas 6,27-38

Sexta-Feira (11/09/2009)

Primeira Leitura: 1º Timóteo 1,1-2.12-14
Salmo: Salmo 15
Evangelho: Lucas 6,39-42

Sábado (12/09/2009)

Primeira Leitura: 1º Timóteo 1,15-17
Salmo: Salmo 112
Evangelho: Lucas 6,43-49

Continue lendo...

A Vida é Feita de Escolhas

A vida é feita de escolhas Deus quer ter uma oportunidade em nossa vida. Nada pode ser mais importante do que você deixar Deus fazer uma tenda no seu coração. O Brasil mudará, quando cada um deixar o seu coração ser um lugar privilegiado de Deus, onde Deus esparrama seus amores, seus objetivos, sua vontade.

A vida de Deus está em mim, está em você.

É tão interessante percebemos que aquilo que somos hoje é um conjunto de escolhas que fizemos e que fizeram por nós. Muitas coisas nós não conseguimos entender porque somos fenômenos, estamos em construção, em constante manifestação.

Quando fazia faculdade, minha professora de psicologia dizia diante dos meus questionamentos: “Nenhum ser humano é incoerente”. Eu questionei mais uma vez, ‘como não’? E ela explicou: “cada um escolhe de acordo como aprendeu”. Eu entendi que cada um escolhe diante do contexto da sua história.

Não importa o contexto de incoerência, não importa as escolhas, mas hoje somos convocados a vê nossas escolhas diante da Palavra de Deus, e tomando consciência, tenha disposição de viver o novo. Está diante de ti a vida e a morte, você escolhe.

Aquilo que eu e você somos hoje é resultado das escolhas que fizemos, e que fizeram por nós. Há traumas, que são as escolhas erradas que optaram por nós, ou nós mesmos optamos.

Motivos inconscientes também nos motivam a escolher. Muitas vezes o que chega para nós são escolhas que fizeram por nós. Assaltantes, chegam roubando, matando, são incoerentes, mas essa foi a preparação que eles receberam, porque infelizmente faltou na vida dele um dizer não, um conselho, um carinho.

Nós estamos buscando viver um caminho de lei porque esquecemos que quando a Palavra de Deus é bem compreendida somos bem formados para escolher. Criar uma lei dizendo o que pode ou não pode fazer com os nossos filhos, é um absurdo; lei que venha proibir um pai a bater em seu filho. Construa família de Deus, e se deixe instruir pela Palavra.

Não é possível educar alguém se não ensinamos a liberdade. Um país só dará certo se entendermos que somos livres, e na nossa liberdade é preciso fazer a opção da vida.

Se nós não damos o contexto da escolha, as pessoas vão viver uma obrigação. Quando nós construímos uma oportunidade para escolher, damos a liberdade ao outro.

Coloco diante de ti a vida e a morte a opção é a sua.

A Palavra de Deus deve entrar em nossa veia. O que você escolhe viver e trazer para sua vida é o caminho de bênção ou de maldição.

Você não pode falar o que você quer investir em seu país, em sua cidade, em seu estado, mas lembre-se que você é quem elege as pessoas que vai administrá-lo.

A vida é feita de eleições, um dia você elegeu o prefeito da sua casa, seu esposo, e no tempo de campanha mandava flores, era todo carinhoso, depois casou tomou posse da prefeitura, e muitos se tornaram o que bem sabemos. Um casamento precisar viver sempre em tempo de campanha.

Muitas vezes as coisas dão errado em nossas vidas por causa das nossas eleições. Quantas vezes a morte entra na nossa vida, diante daquele que elegemos em acolher os conselhos. Cuidado com o que você elege de importante em sua vida.

Só podemos dizer que o Brasil é um país cristão, se nós somos cristãos, Deus quer esparramar Suas coisas dentro de nós.

Algumas pessoas estão escolhendo a morte, eu escolho a vida; algumas pessoas estão escolhendo o que não presta, eu quero escolher o que presta.

Fiquemos no lado de quem é justo.

Coisa boa quando queremos para nossa vida a mesma coisa que Deus quer. Quantas coisas você elegeu para sua vida que não vale a pena, limpa a tenda do seu coração, expulsa os lixos que o mundo colocou, limpe para que Deus possa esparramar Suas coisas em seu coração.

Padre Fábio de Melo

Continue lendo...

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Evangelho de Mateus - Capítulo 6: ''O Pai-Nosso''

Este capítulo é muito denso, muito rico teologicamente falando. Hoje vamos refletir apenas nos versículos 9-10 onde Jesus nos deixa o tesouro da oração perfeita que deve servir de modelo a todas as orações. Quando Jesus termina de fazer sua oração, em certo lugar, um dos discípulos lhe pede para que os ensinasse a rezar. Esta é a única oração ensinada por Jesus e nao se trata apenas de uma prece, mas de um modo de vida expresso em forma de oração. Mais que louvar a Deus (o sentido teológico vertical), o Pai-Nosso nos leva a amar os irmãos (sentido horizontal). Assim, a primeira parte é voltada a Deus (Nome, Reino, Vontade) e a segunda, para nossas necessidades. A primeira, frisa a missão da comunidade cristã e a segunda, a constante necessidade de conversão.

1"Pai-nosso que estais nos céus".  Pode ter gerado certa surpresa aos discípulos "quando Jesus chamou Deus de ABBA ("paizinho", o modo de uma criança chamar seu pai com carinho e confiança). Parecia uma ousadia, falta de respeito! Mas chamar Deus de "Pai" nao era novidade para os judeus. No Antigo Testamento chamavam-no de "pai do povo de Israel", "pai dos justos" (cf. Dt 32,6; Is 63,16). A expressão Pai "nosso" nao tira a intimidade, mas frisa a fraternidade. Os irmãos são um dom de Deus. Mateus acrescenta: "que estais nos céus", para enaltecer a transcendência de Deus, embora Ele esteja em toda parte (Sl 139, 1-15).

2. "Santificado seja o vosso Nome".  Que Ele seja conhecido, glorificado. anunciado! Quem santifica é o próprio Pai. O nome de Deus não pode ser santificado senão no contexto do Rebino. Não são nossas palavras, gestos que glorificam o nome de Deus, e sim o fato de sermos o Reino, a irradiação e glória de nosso Criador¬-Salvador. Esse nome de Deus é amor, um só Deus¬ trindade.

3.Venha a nós o vosso Reino".  Este chegará quando os seres humanos reconhecerem a "santidade de Deus". "Sou Aquele que sou" (Ex 3,14). A base da pregação de Joao Batista e de Jesus: O Reino esta próximo. A notícia do Reino não consiste apenas em contar, mas em agir. Os milagres de Jesus são sinais deste Reino.

4. Seja feita a vossa vontade, assim na Terra como no Ceu!  Este é o pedido fundamental que fazemos: a ele se reduzem todos os outros. É a vontade de um Pai bom que quer nosso bem. A vontade de Deus é visualizada em dois sentidos: (1) O seu plano ou desígnio; e (2) os seus apelos que o Espirito Santo faz sentir e orientam os nossos passos nas decisões da vida. Pedimos a graga de: (1) fazermos a vontade divina na terra, assim como os anjos e santos a fazem no ceu; e (2) que Deus realize o plano que a sua Sabedoria concebeu no céu desde toda a eternidade, nesta terra onde nossa liberdade pode colaborar ou atrapalhar. Não se trata mais de uma vontade forte, poderosa e capaz de nos dobrar, mas de uma vontade com a qual estamos em total harmonia e nos leva a aceitar todas as implicações da nossa filiação divina, nossa pertença ao mesmo corpo.

Diácono José Antonio Jorge

Continue lendo...

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Ser Santo nos dias de Hoje

Bom dia galera!!

Quando dizemos que devemos ser Santos, parece uma tarefa tão difícil, complicada...
De fato, não é algo que fazemos de um dia para o outro, como em um passe de mágica, ainda mais com tudo o que vemos e vivemos nos dias de hoje...

O nosso querido e tão lembrado Papa João Paulo II, hoje santo, descreveu, com sábias palavras, o ser Santo atualmente...

Aproveitem, degustem cada verso!!!

"Precisamos de Santos sem véu ou batina.
Precisamos de Santos de calças de ganga e tênis.
Precisamos de Santos que vão ao cinema, ouvem música e passeiam com os amigos.
Precisamos de Santos que coloquem Deus em primeiro lugar, mas que se "lancem" na faculdade.
Precisamos de Santos que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem sua castidade.
Precisamos de Santos modernos, Santos do século XXI, com uma espiritualidade inserida no nosso tempo.
Precisamos de Santos comprometidos com os pobres e as necessárias mudanças sociais.
Precisamos de Santos que vivam no mundo, se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo.
Precisamos de Santos que bebam coca-cola e comam hot dog, que usem jeans, que sejam internautas, que escutem disc man.
Precisamos de Santos que amem apaixonadamente a Eucaristia e que não tenham vergonha de tomarem um refrigerante ou comer uma pizza no fim-de-semana com os amigos.
Precisamos de Santos que gostem de cinema, de teatro, de música, de dança, de desporto.
Precisamos de Santos sociáveis, abertos, normais, amigos, alegres companheiros, de mundo, mas que não sejam mundanos..."

(Papa João Paulo II, in memoriam)

Abração a todos!!!

Continue lendo...